Antiespasmódicos: Conheça os melhores produtos para relaxar os músculos e eliminar suas dores!

mulher sentindo dores por espasmos

Os antiespasmódicos são excelentes medicamentos desenvolvidos para o tratamento dos espasmos musculares, por isso conhecê-los é fundamental, pois assim você saberá ao que recorrer quando necessitar de um remédio para acalmar as contrações involuntárias dos músculos.

Se você deseja conhecer mais sobre os antiespasmódicos, esse artigo é para você, continue conosco e tire todas as suas dúvidas a seguir!

Existem antiespasmódicos naturais?

Existem alguns ótimos antiespasmódicos naturais, que irão trazer resultados muito satisfatórios como os medicamentos tradicionais, e por isso conhecê-los é fundamental para quem está em busca de um tratamento natural para o problema.

Confira abaixo quais são os melhores!

  • Moringa

A moringa oleifera é uma planta nativa da África é conhecida por ser uma das mais úteis para o ser humano, já que todas as suas partes podem ser utilizadas. E uma das suas funções é ser exatamente um excelente antiespasmódico, já que ela relaxa os músculos e por isso já foi utilizada até para o tratamento de epilepsia.

  • Óleo de Melissa

O óleo essencial de Melissa, além de trazer vários benefícios aos seus usuários também irá auxiliar no tratamento de vários problemas de saúde. Esse óleo age como um excelente antiespasmódico, pois ele irá agir como um sedativo e relaxante no corpo, ajudando a proporcionar um alívio rápido dos espasmos.

  • Chá de erva cidreira

Além de delicioso, o chá de erva cidreira quando feito em associação com o funcho possui um excelente poder antiespasmódico, assim ele irá ajudar a diminuir os espasmos e irá aliviar o desconforto abdominal.

  • Chá de erva doce

Mais um excelente chá que atua como um excelente antiespasmódico é o chá de erva doce, que consiste em um chá que ajuda a diminuir a tensão abdominal e consequentemente a diminuir a dor causada pelo espasmo.

Se ao usar os remédios naturais para tratar os espasmos você não obter resultados satisfatórios você deverá consultar um médico para que ele possa avaliar seu caso e passar outro tipo de antiespasmódico a você.

Na gravidez

É muito comum que as mulheres grávidas tenham cólicas com frequência, por isso ela deverá saber se pode ou não fazer uso de antiespasmódicos nesta fase.

Geralmente os médicos aconselham que a mulher não faça uso de antiespasmódicos durante a gestação, no entanto, se ela começar a sentir dores de cólica muito forte, ela poderá tomar o medicamento, desde que seja com um acompanhamento médico.

O antiespasmódico mais indicado será repassado por um médico conforme cada caso. Nunca se automedique ou você poderá prejudicar a sua saúde e do seu bebê.

bebe chorando por ter espasmos

E quais os melhores antiespasmódicos para bebê?

O recém-nascido e o bebê geralmente sentem muita cólica, e por isso é comum que os pais fiquem com dúvidas se podem ou não dar algum tipo de antiespasmódicos para eles nessa fase a fim de aliviar a dor.

Embora esses medicamentos possam ajudar a acabar com o problema, eles não são os mais indicados para os bebês e devem ser evitados, pois poderão causar vários efeitos colaterais. O ideal é que os pais deem preferência para tratamentos naturais e em último caso recorram aos medicamentos.

Caso os episódios de cólicas do bebê sejam constantes é recomendável que os pais consultem um pediatra para que ele possa analisar a criança e dizer qual é o melhor tratamento para ela.

Ainda ficou alguma dúvida sobre os antiespasmódicos? Então nos deixe um comentário que assim que possível responderemos você!

You might like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *