Conta no banco: O que é? Qual escolher? Como fazer? Saiba tudo aqui!

contas

As contas no banco existem para diversas instituições financeiras, principalmente agora com o surgimento de várias empresas no mercado e muitas ofertas diferentes. Para quem está conhecendo esse universo agora, aquele monte de números pode assustar. Por isso, hoje iremos explicar como é simples abrir sua conta no banco e daremos dicas para você fazer a melhor escolha possível para os seus investimentos ou poupanças.

Continue lendo para saber mais!

Tipos de conta

Ao abrir sua conta, a primeira coisa que você precisa saber é que tipo de conta escolher primeiro. Existem várias modalidades de poupança, investimento e outras formas. Cada uma delas é adequada a um tipo de pessoa, pois cada um tem suas necessidades na hora de mexer com o próprio dinheiro. Por isso, aqui vai a lista dos tipos de conta para você saber qual é a melhor para os seus objetivos:

  • Conta digital – Essa modalidade agora é a nova moda do mercado, que surgiu com as diversas novas instituições financeiras. Com ela, você pode não só abrir sua conta sem burocracia, como fazer várias transações, transferências e outros processos sem nenhuma dificuldade. Algumas instituições são estritamente financeiras, por isso, não existe um caixa eletrônico exclusivo daquela companhia, o que te obriga a ter que sacar o dinheiro em um caixa de outra rede. Mas nesse caso, se você não precisa ficar sacando dinheiro toda hora, a digital será ideal para você e esse processo nem te fará falta. Normalmente estas não costumam ter anuidades e suas taxas de juros são menores que as da concorrência.

Corrente:

Se você pretende abrir um comércio, empresa ou trabalhar com uma pequena maquininha em casa, a conta corrente é a escolha certa. Ela foi completamente desenvolvida para quem faz muitas transações o tempo todo, te mostrando todos os valores que estão entrando e saindo, dando maior controle do seu dinheiro. Muitas dessas contas não possuem limites, o que é fundamental para quem faz empréstimos para começar investimentos.

Poupança:

Para quem tem planos grandes e quer guardar aquele dinheirinho para recuperar depois, a poupança é o lugar certo! Nela você vai só aplicando seu dinheiro, quando quiser, pelos preços que quiser. A maioria delas permite um limite de 2 saques por mês sem cobrança adicional. Não tem anuidade nem nenhuma cobrança, só serve mesmo para ir juntando dinheiro, mas o rendimento também não é tão alto.

E o tesouro direto?

Quem já deu boas pesquisadas de onde aplicar seu dinheiro, com certeza já ouviu falar de colocar o money no tesouro direto e ver as notinhas renderem. Esse sistema funciona da seguinte forma:

Você pode investir seu dinheiro pelo tesouro, que é como se fizesse um empréstimo para o governo usar seu montante. A “recompensa” por isso é que você recebe uma porcentagem do dinheiro emprestado por ano, atualmente sendo de doze por cento.

Entre as diversas opções do tesouro, você pode investir por curto, médio ou longo prazo, podendo retirar o dinheiro a qualquer momento (mas com cobrança por isso), ou deixando render até a data do vencimento (valendo mais à pena para algumas situações).

Sua escolha varia de acordo com seu objetivo e você pode fazer uma simulação pelo próprio site do tesouro, então corra agora para fazer a sua!

0 Compart.

You might like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *