mau cheiro nas axilas: Vejas como acabar com isso!

mau cheiro das axilas

Nada mais constrangedor que mau cheiro em um ambiente. Pior ainda quando ele vem de outra pessoa, especialmente, das axilas. Todos notam o mau cheiro. Porém, normalmente, as pessoas têm vergonha de falar. Se você já percebeu que tem esse problema ou se alguém teve coragem para falar com você, comece a se cuidar para evitar esse tipo de constrangimento novamente. Vale lembrar que esse é um problema que nem sempre está relacionado à falta de higiene, pode ser também doenças, como é o caso da Hiperidrose, e pode atingir tanto homens quanto mulheres.

Ao contrário do que muita gente pensa, o mau cheiro das axilas não é causado pelo suor, que é composto apenas por água e sal, mas sim pelas bactérias que se alimentam dele. Por isso, a higiene local é tão importante para evitar o forte odor. Para tanto, depile as axilas para que os micro-organismos tenham menos espaço para se esconderem, use sabonete na hora do banho e passe um antitranspirante sempre que começar a suar.

Métodos contra mau cheiro das axilas!

O que você come também pode estar relacionado ao mau cheiro, pois é através das axilas que é exalado o suor. Portanto, alimentos muito condimentados contendo alho, cebola, peixe, curry, pimentas e outros temperos com cheiro forte além de bebidas alcoólicas e carne vermelha são causadores do odor axilar. Já á água, frutas, legumes, ervas e azeite de oliva podem reduzir esse problema.

Outro problema podem ser as roupas que você vem utilizando. Prefira tecidos de fibras naturais. Na hora de fazer seus exercícios físicos só utilize roupas que suguem a umidade do corpo para mantê-lo seco. Mantenha as roupas sempre limpas e evite reutilizá-las. Caso essas dicas não funcionem, procure um dermatologista. Ele te indicará um tratamento para que o mau cheiro chegue ao fim.

Os tratamentos variam entre uma prescrição de antitranspirante com cloreto de alumínio até uma curetagem por lipoaspiração para a retirada das glândulas sudoríparas das axilas. Como cada caso é diferente, é preciso consultar o médico para que ele indique o melhor para você. Não faça nada sem antes consultá-lo.

You might like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *